quarta-feira, 6 de junho de 2001

Beijo de Amigo?

Quando olho pro céu estrelado me lembro.
Nosso primeiro beijo, 29 de novembro.
Te surpreendi, foi inusitado.
O Amor que fluiu, já era esperado.

Logo me desculpei pois estava perdido.
Disse: É apenas um beijo, um beijo de amigo!
Não me enganava pois por dentro presssentia.
A paixão explosiva e a mais pura alegria.

Passou-se o tempo e a idéia assentando.
"Não é só paixão devo estar amando."
Putz o que faço, de novo perdido.
Será que isso tudo, será correspondido.

Sentado ao seu lado, casado me vejo.
Como foi bom realizaro num ímpeto, o desejo.
No seu colo o fruto de nosso Amor dormindo.
Me pergunto agora: "Foi só um beijo de amigo?"


Dan
06.06.2001
(a long, long time years ago original escrito em uma conta de telefone)