quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

E.F.E.I.T.O. - Presentes, Lembranças & Brindes

No nosso aniversário, ganhamos presentes, quando casamos ganhamos presentes, no Natal ganhamos presentes em datas comemorativas, sempre ganhamos e damos preentes, quando muito damos ou ganhamos uma Lembrança, lembrancinha como dizem as tias mais queridinhas...

Mas porque ganhamos um presente, não um futuro ou um passado, porque a lembrança e não a memória?

Depois de muita pesquisa chegamos finalmente as explicações plausíveis do nome desses Presentes, Lembranças e mesmo Brindes que ganhamos no dia-a-dia.

Na verdade o primeiro presente foi Enviado, sim enviado e não levado pessoalmente.

Uma mãe (daremos o nome de Avah) que que morava em Lagash, uma importante cidade-estado Suméria, na baixa Mesopotâmia, tinha seu querido filho primogênito e logo, logo aniversariante, trabalhando no famoso ESC "Exército Sumério de Coalisão",  que naquele momento defendia outra cidade-estado, Nippur, lutando contra as invasões Semitas.

Mas Avah queria comemorar o aniversário de seu filho, só que a distância e a inexistência de transportes públicos confiáveis para ir de uma cidade-estado a outra tornava a tarefa impossível.

Pensando nisso ela bordou um colete a prova de lanças para ele e enviou com a tropa que sairia para ajuda em alguns dias com os seguintes dizeres:
"Abraão filhinho meu, parabéns por seu complemento de 500 complementos de Lua* e para me fazer PRESENTE, lhe envio esta proteção, use e volte para casa são. Beijos em sua testa, de sua mãe aflita e orgulhosa, Avah"

Abraã orgulhoso qual um galo sozinho na granja ficava se esnobando com seu "PRESENTE" e logo todos queria algo de casa, enviando papiros para vossas mães, esposas, concubinas e afins.

Uma dessas "mulheres" (nem sempre eram mulheres e isso era normal), Miréia fez mais, era tamanha a saudade de seu marido, Teseu, que fez questão de enviar mechas de seu cabelo perfumada com alfazema e almiscar, que ela sabia ser altamente afrodisíaco para que seu marido recebesse um carinho, mais uma vez em seus dizeres ela colocou:
"Amado Teseu, envio minhas madeixas para que se lembre de mim, Teseusão sinto muito sua falta e seu primo não tem feito o que prometeu, volte logo que quero aninhar-me ao teu colo".

O cara ficou pilhado, não tinha inimigo que chegasse perto dele... Sua tropa acabou o serviço mais rápido que todas as outras. Também, imaginar a "LEMBRANÇA" perfumada que ele tinha o deixava com a libido no alto e ele canalizava toda a energia para a ponta de sua espada.

Já na rússia antiga, os irmãos costumavam se juntar para beber Vodka e se esquentar. Antony, quando casou, resolveu criar uma marca de sua futura familia, como se casaria com uma filha do Coronel Kalashnikov no ano de 1947, criou então a marca AK47 e iniciou uma tendência de distribuir copos especiais para sua Vodka na comemoração do casamento.

Esses copos (taças) eram chamados de Taças de Brinde, e os irmãos e convidados poderiam levar, os "Brindes" com as marcas da nova familia para casa.

Pois bem, esse é o real (será?) significado das coisas.

Então não peça um presente ou mande lembrança se puder ir na comemoração, sua presença é maior que qualquer presente, suas palavras bondosas podem ser melhores que lembranças, brinde a tudo, todas as conquistas e todos os amigos.

 *500 complemento de Lua são por volta de 38/40 anos de hoje em dia.

Trecho tirado do Livro: O significado das coisas.
Mais um fascículo da coleção: Histórias pra Boi Dormir
Da Editora: Lunática
Autor: Danibron Barbosa
ISBN: Ainda não disponível

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pode meter a boca!