quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Aprendi a Querer























Oh Capitão, meu capitão.
Mestre Jedi que muito me ensinou,
Professor do tempo e da vida.
Highlander que segue meus caminhos.

Posso dizer hoje que aprendi.
E continuo aprendendo
mais e sempre mais,
conforme vou vivendo.
Conforme vou QUERENDO

Aprendi que nunca, nunca é tarde.
Que pode-se sim viver com intensidade.
Que o sol sem o devido protetor, arde.
Que nem sempre terei a mesma idade.
Mas que consigo o que eu QUISER

Aprendi que nem todos são bons,
mas temos que sempre procurá-los.
E grudar e agarrar quando encontrarmos.
Pois é deles que receberemos doms.
Ser bom é questao de QUERER ser.

Aprendi que compartilhar é
muito mais do que só dar e receber.
É querer estar junto, presente,
dividir, usar e conviver.
Para compartilhar tem que QUERER dividir.

Aprendi que Amar e querer bem
pode ser diferente pra muita gente,
só que estão intimamente ligados.
Conectados por boas intençõe.
Para Amar basta QUERER Amar.

Aprendi que ser Pai,
é educar, dar carinho, dar atenção
ensinar um caminho, pegar na mão.
E acima de tudo Amar incondicionalmente.
Ser pai é muito mais do que ter filho.
É mais do que ter alguém
que dependa de você pra tudo.
Ser pai é QUERER ser pai.

Aprendi que vivemos sozinhos.
E isso é diferente de ser solitário.
Nesse caso as regras nós definimos
Criamos nossos próprios horários.
Mas que temos que QUERER viver sozinhos.

Aprendi que a Verdade é bonita.
Mesmo se ela machucar ou magoar.
Mesmo quando a verdade for esquisita.
Pois as dores e tristezas somem no mar.
Mas para ser Verdadeiro é preciso QUERER ser.

Aprendi que ser realista é positivo.
Que as vezes pode ser conservador,
outras vezes mais arrojado e intuitivo.
Mas que isso também tem valor.
E para ser realista tem que QUERER ser.

Aprendi a força do Querer.
Que querer é poder. Poder é conseguir.
Conseguir é chegar a um êxtase profundo
E isso é inebriante, o sucesso.
E que para querer, basta COMEÇAR.


Daniel Bronzeri Barbosa (12/01/2011)


"Conhecer o homem não é separa-lo do universo, mas situa-lo nele" Edgar Morin

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pode meter a boca!