quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Misture um pouco de tudo!

Saudade bate fundo em meu peito.
Angústia e dor que saltou em mim.
Acordo assustado cá em meu leito.
E lembro que tudo um dia tem fim.

Cade nosso pó de pirlimpimpim?
Posso adentrar a toca do coelho?
Quero acordar desse sono enfim.
E Sair da Matrix, desse pesadelo!

Eu compraria cápsulas de paciência.
E tomaria com doses de felicidade.
Mesmo sabendo que toda ciência.
Não pode fazer eu voltar minha idade.

Contento-me então a mandar recados.
Mensagens de oi, de beijos e sims.
Que não sei se são lidos ou deletado.
Mas são verdadeiros e claros asim.

"Pensei em você essa noite inteira."
"Queria te ver e o seu cheiro sentir."
"Ouvir sua voz, mesmo sonolenta."
"Dizer que te Amo, parar de ME mentir"


Daniel Bronzeri Barbosa (27/01/2011)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pode meter a boca!