terça-feira, 26 de abril de 2011

Desejar e Ter???

Você aponta, mira e atira.
Mas quase sempre me erra.
Você pede ajuda, uma mão.
Mas quer os braços, as pernas.

Não sei mais o que faço.
Para não pensar mais em ti.
E se do seu nome desfaço.
É por não querer mais sentir.

Querência, carência e vontade.
Lembranças de te seduzir.
O que faço com a saudade.
Verdade! Te quero AQUI.


Daniel Bronzeri Barbosa (26.04.2011)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pode meter a boca!