segunda-feira, 20 de junho de 2011

Fingir, Mentir e Fugir

Fingir também é mentir.
Fingir é fugir do real.
Fingir é o corpo sumir.
Fingir é muito baixo-astral.

Mentir vira cultural.
Mentir é muito amoral.
Mentir e ser natural.
Mentir é ser cara-de-pau.

Fugir, ato de covardia.
Fugir é cuspir para cima.
Fugir andando na linha.
Fugir e perder todo o clima.

Fingir, Mentir e Fugir.
Deixar de fazer, deixar de agir.
Fingir, Mentir e Fugir.
Mas não se arrepender, quando a casa cair.


Leinad Johnes (complementos de Janeiro)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pode meter a boca!