quarta-feira, 15 de junho de 2011

Não espere.

Não espere de mim.
O que nunca prometi!
Mas lembre-se que sim.
Deixei algo pra ti.

O muito que te ensinei.
E as coisas que aprendi.
Ao seu lado fui rei.
Mas também já fali.

E agora eu sei.
Que não dava pra insistir.
E se que querias e não dei.
Foi porque não soubeste pedir.
Ainda lembro que chorei.
Mas não deixarei de sorrir.

Dandan Johnes

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pode meter a boca!