sexta-feira, 5 de agosto de 2011

As vezes lembrar é preciso...

Não tenho temas preferidos, 
tudo depende da onda e do vento, 
depende da ordem frenética dos bits, bytes, leds e chips 
que piscam e processam naquele momento.
Tudo depende do doce furtivo de cada dia.
Tudo depende da bebida amarga e como a beberei (Cale-se).
Tudo depende do monstro que mora aqui dentro, 
do leão que me protege 
ou da fada que cuida de mim. 

Tudo depende se estou ou não no metaverso em que me encontro.
Tudo depende de quanto subverso eu me sinto.
E acima de tudo, 
depende de eu querer ou não falar, lembrar, sugerir, responder algo.

Ou seja. TUDO depende de mim...
Baci a tutti quanti.
Dan

2 comentários:

  1. Bom quando se tem essa consciência, de que tudo depende SOMENTE da gente. Esse teu texto não me é estranho por aqui. Já não foi publicado antes?
    Baci
    ;)

    ResponderExcluir
  2. Sim, já foi publicado. Essa é a lembrança de uma premissa.

    Baci,

    Dan

    ResponderExcluir

Pode meter a boca!