terça-feira, 2 de agosto de 2011

Lendo Vinícius einh!!!

Que prazer ler que leu Vinícius. Espero que isso se torne um vício, uma tremenda obsessão. Pois quem lê este Moraes não se arrepende das linhas que traz o Amor contado em palavras. Se dedique o tempo que for, pois não há mais linda palavra, que Amor.
Com esse autor, se arrisque é o eterno safado que vivia de poesia. Pra comprar seus tragos de uísque, encantar meninas, alegrar mulheres tristes e viver na maresia.
É... como todos tem seus erros, mas se supera são os acertos de com a forma que nos toca. Plantando o Amor, qual semente, não só em nosso coração, mas na mente, que não para de pensar em seu Amor. Lendo, de noite, no quarto. Estudando tão belas palavras e pensando em como empregá-las, decora-las para depois recitar. Ou apenas lembrá-las em um bar, pra fazer seus gracejos, ganhar um ou dois beijos e depois na cama se fartar.
Se embebede desse doce ato que é ler, se entorpeça de tão meladas palavras que faz os românticos, os verdadeiros, austeros, sincero e direto, por vezes melancólico, bucólico e sozinho, mas nunca descrente do Amor que deveras sente por viver e ter quem Amar.

Baci per te.
Dan

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pode meter a boca!