quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Enquanto anjos dormem...

Pais tomam conta!
O silencio inocente, quebrado pela respiração de uma criança inconsciente num sono profundo em imersão. Meu futuro mais que perfeito, minhas obras primas a cuidar. Se longe me doía o peito, de perto, explodo em Amar! Coisa insana essa tal felicidade, horas chega chega tarde, horas nem vem para cá, multiplica lagrimas de saudade e se soma ao desejo de estar. Ao seu lado, perco a vaidade, cultivo orgulho, cativo olhar. Dois pequenos, sozinhos e frágeis, corajosos por muito enfrentar. Nossa vida passa num segundo e para todos, segundos iguais, pode até parecer que é mais rápido, mas com certeza nunca pra trás!
E não há nada nesse mundo que mude minha opinião. Ser pai é ver o futuro, meu próprio passado em evolução.
Daniel BB (13.10.2011)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pode meter a boca!