sexta-feira, 2 de março de 2012

Pensamentos ao lado do Mar...

Penso em como foi.
Pra onde eu fui.
No primeiro, Oi!
Nos primeiros uiiiis!

O pensamento cria vida.
E as peças começam a se juntar.
Num quebra cabeça que não finda.
Mesmo com a falta de ar.

O choro, o riso e a prosa.
Ajudam a nos socorrer.
E sem deixar de ser Barbosa!
Deixando o triste corroer.

Lembro que o Mar,
Não tem pra onde correr.
Sabendo que pra Amar,
Não precisamos sofrer.


 Daniel B. Barbosa 01.01.2012

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pode meter a boca!