sexta-feira, 26 de abril de 2013

Hã?!?!

Devo divagar devagar.
Peso o pesar por pesar.
Parto pra perto do porto.
Divagando de novo.

Moro no morro e não morro.
Tiro o tiro do tira.
Tento te deixar tonta.
Amarro meu murro no mouco.

Amasso a massa e o maço.
E velo com vela a velhinha.
Sem tê-la saiu em cem telas.
Centelha do céu sem telha.

Danibron

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pode meter a boca!