sexta-feira, 1 de novembro de 2013

Noites e Dias

Tem dias que acordo no meio da madrugada com vontade de escrever. Tem noites que eu durmo xom a certeza de esquecer.

Dias que quero trabalhar e mostrar o meu melhor, noites de insônia onde mostro o que sou.

Uma mistura se nada com coisa nenhuma nessa infinidade chamada universo.

Tem dias que não vejo a hora passar. Noite que nao terminam.

Dias que tenho que matar um leão por hora. Noites que me caçam, matam tieam mina pele e minha memória.

Tem dias que vejo e noites que sonho.
Tem dias que sinto e noites que toco.
Tem dias que sou e noites que fui.
Tem dias que vou e noites a ir.

As vezes sou sol, outras Amo a lua.
As vezes coberto, mas prefiro a sua.
Sua forma de ver a vida como ela é.
De aceitar os fatos e dados.
De suportar sem fim.

Pois em vez de eu pensar se o copo esta meio vazio ou meio cheio, eu bebo e peço mais. Ou no pior doa casos jogo o copo pro alto.

Sou dois em um.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pode meter a boca!