quarta-feira, 21 de setembro de 2016

Ufa!!!

Foi tudo muito rápido a milhas e milhas distante de onde meus olhos e braços poderiam chegar.

A notícia voou na nuvem como se fosse instantânea. Atropelando o ar e a expectativa.

Não teve ansiedade, agora a frustração e a impotência foi torturante.

Pesquisa, conversa, ouve, ouve, indica é recebe indicação, agenda, aguarda, aguarda e aguarda mais um pouco.

Quando recebe, alívio prévio, visita e angústia aí sim um pouco de suspeita, de dúvida, de caos...

Interna, anestesia, opera, fica de molho. E esse molho apura, fica consistente, fica pronto, passa do ponto, abusivo, indeterminado, ganancioso.

Aqui sim a ansiedade impera, a raiva, a luta, a briga... Mas enfim chega a um "consenso".

Interna e opera. Pá, pum!

O que esperar? Acho que dor, tempo, tratamento, movimento com dor no tratamento. Espero que menos, quase nada e normalize. Assim teremos mais tempo de novas buscas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pode meter a boca!