quinta-feira, 2 de março de 2017

... mais definições

O Amor não pode ser discreto.
Não é só carinho e afeto.
Precisa ser verdadeiro, direto.
Precisa ser sólido, firme, concreto...

É unidirecional.
Mas quando recíproco,
fica completo!

É unidimensional.
Mas no 3D do seu corpo,
me desperto!

Permeia ambientes do chão ao teto.
A certeza segura de um amuleto.
Te livra da angústia por ser seleto.
Cuidado constante de vô com neto.

É indivisível.
Incalculável.
Patético!

É anamórfico,
Disrítmico.
Poético!

O Amor é profundo.
Mesmo pra quem não nada!
Deixa você sair do mundo.
Mesmo parada!

Te faz perder a cabeça.
Perde o caminho, esquece a estrada.
Te faz tomar decisões sozinho.
Na maior encruzilhada.

É vibrante.
Lancinante,
pungente!

Te deixa febril.
Absorto,
doente!

Mas também te cura.
Como sorvete em calda quente.
Mesmo broncas duras.
Te ensinam e deixam contente.

A Amor é tudo.
Sem Amor, nada.
Amor não se compra.
Nem se paga!

É isso!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pode meter a boca!