sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

Perdida de Paixão

Oi, sou uma moça de familia.
Tenho irmã, mãe e filha,
Mas desejo você.

Rapaz, você muito me encanta.
Minha alma levanta.
Ao pensar em te ver.

Lembrando o sorriso em seu rosto.
De seus beijos o gosto.
É o que eu quero ter.

E a conversada furada na esquina.
Me fez sentir como menina.
Por falar com você.

Parece que está bem seguro.
Me encostando no muro.
Sempre a me envolver.

E quando me lembro do amasso.
Dos apertos e abraços
Me faz amolecer.

Eu quero tudo isso outra vez.
Não contar até três.
Sabendo os porquês.

Pois me deixas demais excitada.
Toda acarinhada.
Só querendo prazer.

Moço não esqueças de mim.
Nem me deixe assim.
Sem saber o que fazer.


Leinad Johnes (07/01/2011)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pode meter a boca!