quarta-feira, 21 de setembro de 2016

Ufa!!!

Foi tudo muito rápido a milhas e milhas distante de onde meus olhos e braços poderiam chegar.

A notícia voou na nuvem como se fosse instantânea. Atropelando o ar e a expectativa.

Não teve ansiedade, agora a frustração e a impotência foi torturante.

Pesquisa, conversa, ouve, ouve, indica é recebe indicação, agenda, aguarda, aguarda e aguarda mais um pouco.

Quando recebe, alívio prévio, visita e angústia aí sim um pouco de suspeita, de dúvida, de caos...

Interna, anestesia, opera, fica de molho. E esse molho apura, fica consistente, fica pronto, passa do ponto, abusivo, indeterminado, ganancioso.

Aqui sim a ansiedade impera, a raiva, a luta, a briga... Mas enfim chega a um "consenso".

Interna e opera. Pá, pum!

O que esperar? Acho que dor, tempo, tratamento, movimento com dor no tratamento. Espero que menos, quase nada e normalize. Assim teremos mais tempo de novas buscas.

segunda-feira, 22 de agosto de 2016

Infelizmente mais erros que acertos!

Não aprendemos a disputar, não temos educação esportiva, muito menos políticas públicas.
Não sei se é uma questão só, ou principalmente, dos "brasileiros" mas como são os brasileiros a maioria que me rodeia hoje, não posso dizer pelos outros.
Ouço críticas ao apoio governalmental/militar, ouço críticas a bolsa atleta ou leis de incentivos ao esporte (assim como criticam as leis que incentivam a cultura, são os mesmos...).
Mas não vejo ninguém tentando fazer diferente, de verdade, tentando unir ao menos forças para pensar diferente.
O esporte mundial é sustentado por uma tríade, educação, militar e profissional. Mas parece que são assuntos distintos ou ao menos tratados assim. Tive sorte de ter professores de educação física excelentes (e cada vez me orgulho mais deles), sorte de ter pais que incentivavam o esporte, sorte de não me limitar a um esporte apenas. Não fiquei no futebol. Tive sorte de crescer ainda na rua, em plena atividade física simplesmente porque eu queria praticar atividades físicas, além do futebol, o taco, o pega-pega, o esconde-esconde, pula-mula, mãe da rua, carrinho de rolemã, volei de rua, queimada... bicicleta. E numa época que nem tinha ciclovia pintada na rua.
Tive sorte.
E mesmo assim nada fiz com isso.
Me sinto culpado por esses descaso também.
Meu filho faz esporte apenas na escola. Male-mal joga uma bola ou arremessa umas bolas na cesta no tempo livre.
Minha filha nada faz, se restringe a educação física da escola, de professores, hoje, que tenho certa dúvida (até uns dois anos atrás confiava mais na escola).
E nada fizemos, e nada fazemos, mas esperamos podios, medalhas e o pior é que só vale se for o primeiro lugar, o ouro!
Voltando a tríade, a educação, jogos escolares, jogos universitários pouco ou nada temos. É muito distante da realidade de grandes potências. O esporte profissional é extremamente restrito, temos o futebol pagando bem na série A, temos o Volei, pagando bem e incentivando 3 ou 4 times, temos o Basquete que depende de muita gente. No esporte militar até que melhoramos, apoiando o alto rendimento, dando no mínimo estrutura para alguns, mas ainda muito incipiente. Mas porque forço a questão na tríade pois depois das olimpiadas temos Universíada, que é quase uma olimíada para estudantes universitários, multidesportiva e conceituada, depois disso temos os Jogos Mudniais Militares, também reconhecidamente um evento gigante e muito importante, que prova que não é só aqui que utilizamos o ambiente de defesa para treinar homens e mulheres no esporte. Além disso temos centenas de mundiais e copas de cada categoria esportiva, esses geralmente participam todos os atletas das outras, profissionais ou não. Bom se isso não é resposta para entender a tríade, que tal um exemplo mais simples. Onde encontramos pessoas dispostas a treinar por uma bandeira e ao mesmo tempo tenha local para isso se não as escolas e os batalhões. Onde mais consegue-se dar apoio, ao jovem que pode receber uma bolsa escolar (isso ainda é defendido ou já proibíram???) ou os terceiros sargentos, esportistas de alto rendimento bancados (mesmo que com pouco mais do que 4 salários mínimos mensais) pelas forças armadas e com isso a tranquilidade de tratamento de saúde, alimentação e até mesmo moradia além do espaço para treinar.
Mas você vê alguém falando ou fazendo algo a respeito?
Algum pai se preocupa se seu filho sabe o que é handbol, voleibol, basquetebol, se ele pratica, se sabe como funciona as principais provas do atletismo, o que é uma pipe ou china no volei, sabe o que é um pick´n´roll ou apenas um bloqueio legal no basquete? Defesa 6-0, jogar no 4-2 ou no 5-1, marcação por zona, homem a homem ou no garrafão. Porque tem água nos 3000 metros com obstaculos e porque obstaculos e não barreiras. Porque a pista de fora é maior que a de dentro? Porque a bola de handbol gruda? Ou o que são as marcas na quadra... O que é aquela agarração na luta, porque não da soco no judô, ping-pong não tem que sacar cruzado, casquinha vale? A linha desse esporte é dentro ou fora? Porque não tem revezamento de nado costas?

Vamos continuar assim... Que pena! Ou que falta de sorte???

Escrevi, me enrolei, não vou arrumar. É isso, estou feliz por acompanhar mais uma olimpíadas, triste por não chegar nem perto de participar de uma, mais triste por saber que não aprendemos nada ou quase nada tendo uma dentro do nosso país.

terça-feira, 26 de julho de 2016

Ansiedade

Ansiedade.
Algo vai acontecer.
Medo.
Não quero ficar sozinho.
Socorro!!!
Fica comigo.
Como ajudar?
Não estou perto...
Bem que eu queria.
Estar do lado.
Segurar a mão.
Mas isso seria bom?
Não seria melhor deixar ae virar.
Seria isso um teste?
Dor de barriga.
Ânsia de vômito.
Insônia.
Ou seria falta de cansaço.
Não aguento um "pai me ajuda".
Ou "pai por favor..."
Vejo a carinha dele.
Vejo o desespero.
Já vi outras vezes.
Mas não consigo ajudar sozinho.
Não posso tomar ações por mim mesmo.
Pois pra ele isso passa.
Quando as coisas se acertam.
Aviso alguem?
É tarde...
Parece que agora foi.
Quieto a 15minutos.
Também ficarei.
Espero que seja sono.
Por enquanto, fim do primeiro ato.

quarta-feira, 6 de julho de 2016

Na estrada.

De um lado da estrada.
Não vejo, nem ouço nada.
Olho pra direita e vejo o por do sol.
Olho pra esquerda e tudo está escuro.
Em vez de gritar, apenas sussurro...
"Tem alguém aí???"
Num susto súbito chega a resposta.
"Não, alguém não, apenas solidão"
Piso na pista, pé ante pé.
Não acredito em muitas coisas.
Mas sabe como é...
Quero saber quem responde?
Essa voz vem de onde?
E de um pensamento outra afirmação.
"De onde? Responde? Não..."
Falo mais alto: "Quem está aí?"
"Saia, mostre a cara, não adianta fugir!"
Silêncio.
Sol posto.
Vejo meu rosto na sombra da lua.
A sombra se mexe.
Mas eu estou parado!
E agora? O que é isso?
Olho pra lua, será que ela está caindo.
Imóvel.
Olha na estrada, de novo, nada.
Olho pro outro lado.
Um futuro atrasado.
Estou lá a conversar comigo.
Me perguntando, tem alguém aí?
E de pronto penso, não respondo.
Vai começar de novo...
"Sim!"
Fim.

segunda-feira, 6 de junho de 2016

Parabéns a um recém papai!

Parabéns pra um recém papai, você vai ouvir que suas noites de sono terminaram, mas o coração vai estar tão quente e completo que você não liga.
Você vai ouvir que vai ser um alto custo, mas o Amor e a alegria é tamanha que o bolso pouco importa e a cor azul e vermelha da conta é esquecida com um sorrisinho.
Você vai ouvir que dá trabalho, mas será tão feliz que parecerá brincadeira.
Você vai ouvir que agora tem responsabilidade, mas de tão forte o vínculo isso será óbvio.
Parabéns pela nova vida que sua mulher enquanto deusa da fertilidade e você um simples mortal colocaram no mundo. Muita saúde e paz pro pequeno Enzo!

(Esse texto foi feito prum amigo, Pizza, Carlos Eduardo Martins, e gostaria de enviar a todos os novos pais, amigos e próximos).

Danibron

sexta-feira, 27 de maio de 2016

Viagem...

Poltrona 11.
Quase duas horas sentado.
Não é só meu corpo que viaja.
Minha mente vai mais longe.
O que vamos fazer para alcançar o sucesso, essa é a primeira pergunta de tantas que já me fiz nesse par de horas.
Que sorte dei de encontrar mulher tão interessante, cheia de vida e Amor!
Energia solar realmente vai ser um bom negócio?
Fechei a janela da sala ontem à noite?
Por que não sou amigo do Chico Buarque? Queria fazer teatro só pra encenar Opera do Malandro, Rent...
E dançar, acho que vou aprender a dançar.
Malditos estupradores e seus atos desumanos.
Saudade dos meus filhos...
Se eu fosse um desenho, acho que seria engraçado.
O Uruguai deve ser bem legal. Bonito parece ser.
E se colocar um pouquinho de pimenta calabresa na batata...
Sede!
Tem uma luz no alto.
Relógio, temperatura, relógio, temperatura, relógio.
Acho que vou escrever.
Nossa quanto tempo, quase 3 meses...
É vou escrever, mas o que?
Viagem, não só estar sentado à quase duas horas, dois igual a par, vou usar isso. Será que alguém lê? Além de mim? É ego demais achar que sim? Bom, a propaganda parei, mas alguém deve passar aqui, mesmo que desavisado.
Será que minha filha um dia vai achar A besteiras do pai, e o Pedro o que ele vai achar?
E o sucesso? E a energia?
Que sorte ter a Ju do meu lado. Janela da Sala, música do Chico, porque gosto tanto, influência? Queria dar risada com ele. Ja pensou eu no palco e a dança nos 40 anos, o mundo não é um clipe?
Não vou falar disso fico triste com essa merda. Deixa eu pensar em coisa boa. Filhos, saudade deles, imagina eu de Brutus quem seria a Olívia, a Olívia? Uruguai, batata, relógio, 22 graus Celsius.
Já deu de escrever?
Que viagem...

terça-feira, 19 de abril de 2016

Inteligência Artificial - Um resumo para amigos e filhos com exemplos sem tecnicidades.

Meu irmão me pediu algo e lembrei de um texto morno que fiz a algum tempo para minha filha, um e-mail antigo mas que continua inovador (ao meu ver), renovei os exemplos, coloquei um pouco mais de informação, tirei tecnicísmos que adorava colocar e compartilho com todos parte do que entendo de Inteligência Artificial (IA).

A IA pode nos ajudar muito poupando tempo com tarefas diárias voltadas a entrada, processamento e saída de dados, o tende a ser cada vez mais importante com Grandes Bancos de Informação (BigData).

Podemos dividir AI em duas formas: Específica (IAE ou ANI ing.) e Generalista (IAG ou AGI ing.).

Inteligência Artificial Específica
Essa primeira e que se encontra mais avançada (que vamos dar um maior foco aqui) é o que temos inclusive em nosso dia a dia, grandes computadores enxadristas, algorítimos para indicação de produtos, análise de compras, tendências de uso e visitação de sites e portais na internet...

Colocamos nesse mesmo pacote os assistentes pessoais (Cortana, Siri, Google Now...), foram feitos para um FIM específico e tem um USO específico, fazem parte da primeira forma que é um banco de dados nem tão grande, mas com entradas e saídas pré-definidas de acordo com entradas de texto, voz ou mesmo de sua localização GPS.

Outro excelente exemplo, já situando mais para a análise de dados é o Watson da IBM que já está sendo usado em diversas áreas de negócio principalmente para auxiliar na tomada de decisões. (http://www.ibm.com/cognitive/br-pt/outthink/)

Existem várias ideias sobre ele, mas me chama atenção a idéia de Negócios Cognitivos, e acho que uma das boas definições dentro do que as empresas procuram é: "Exploração e Descoberta Cognitivas, através de padrões comuns nos conjuntos de dados tradicionais e não estruturados, um negócio cognitivo pode acelerar a pesquisa e diminuir o tempo de colocação no mercado." definição da IBM.

A Associaeted Press usa o aplicativo Wordsmith da empresa Automated Insights (https://automatedinsights.com) para criar muitos de seus textos e distribuir para WNBC, Yahoo entre outros clientes. De forma preemptiva ele analisa fragmentos de informação, segue um padrão de escrita e concluí em um texto sobre os padrões da empresa.

Outro exemplo bem específico é o algorítmo que o um jornalista do LA Times criou para escrever automaticamente textos sobre terremotos e abalos sísmicos o Quakebot.

Os carros inteligentes também são dotados de uma inteligência artificial específica, recebem inputs, os processa sob algorítimos pré-definidos e dá seu output por meio da direção, sempre defensiva.

Por fim temos o exemplo de Robôs que operam nas bolsas de valores, analisando a entrada rapidamente dos dados, os viés de um determinado papel e realizando em milésimos de segundos operações que um trader humano não consegue realizar em menos de 10 segundos. Obtendo assim grande vantagem competitiva.

Inteligência Artificial Generalista
Já a IGA, ela ainda está engatinhando, em linhas gerais é a criação do Pensar, não apenas o Entrar, Processar e Sair, mas o raciocinar, criar hipóteses e possibilidades para a escolha.

Ainda não conseguimos realizar um julgamento jurídico (embora alguns lugares tentem fazê-lo), decidir para qual aluno colaborar de forma mais ou menos incisiva, de que colaborador qual exigir maior ou menor meta, criar emoção contando uma piada que caiba em determinado contexto, tudo isso não para criar robôs assassinos ou enfermeiros caridosos como o cinema nos mostra, mas para tomar ciência e nos ajudar em tarefas difíceis e decisões delicadas.

Infelizmente os estudos inovadores geralmente se inciam pela indústria bélica e com isso temos sistemas tomando decisões em aviões não tripulados a realizar "defesas automáticas" de acordo com o que entende por correto, mas além disso também temos a possibilidade de uma inteligência de criação de artes, conseguindo entender os efeitos causados por uma pintura, uma música ou um texto e replicar em formas inovadoras e até mesmo criativa.

Nesse quesito ainda fico na parte dos sonhos, mas com uma torcida para se acelerar.

segunda-feira, 28 de março de 2016

Aos meus amigos...

Meus amigos sabem, não sou de mandar flores, de dar parabéns e ois, sabem que sou esquecido.
Eles sabem quando estou bem, quando posso estar mal e quando fico emudecido.
Sabem que não importa se torcem pro mesmo time que o meu, se tem as mesmas idéias políticas ou se gostam do mesmo partido.
Comem coisas diferentes, usam coisas diferentes, bebem coisas diferentes longe ou unidos.
Eles sabem que procuro eles quando preciso.
E que perto ou longe, de ontem ou de décadas atrás sempre podem contar comigo.
Meus amigos me conhecem e por isso de novo eu digo:
Quem tem tudo, tem amigo!

quinta-feira, 24 de março de 2016

Sobre a corrupção e a conivência por conta da sociedade capitalista!

Ainda não fui no estádio do Corinthians, já fui no estádio da Copa aqui em SP, mas no novo do Corinthians ainda não...

E uma parte era por ser contra (ou do contra como é costume falar) a criação do estádio, desnecessário para uma cidade que já tinha um estádio grande, um médio e um moderno (que estava subindo antes desse), independente das piadas que ouvi em mais de 30 anos, gosto muito do Pacaembu e sentia ali a casa Corinthiana.

Pois bem, ontem de noite, quarta-feira, minha mulher vai no centro com a pequena, meus dois estavam com a mãe e me peguei sozinho na sala com minha última Pizza dos próximos 6 meses, uma cerveja e a espera do jogo no radinho, entre um comentário e outro das notícias no Jornal da Band, JN e depois Record News, pensei o porquê de não ir a jogos em Itaquera?

Minha conclusão veio agora pela manhã comprando ingressos para um clássico do futebol Paulista, Corinthians e Novorizontino, quando tentarei levar meu pai e meu filho no jogo.

Se você leu até aqui, tente ler minha explicação, que não é apenas pela "paixão" pelo Corinthians, mas por analogias diretas.

O estádio "que não tem nome" pode ser "desnecessário", mas foi feito, está lá, ridículo seria depois de despender tanto dinheiro eu brigar por uma demolição.

É muito provável que tenha rolado propina, mas não em benefícios do clube, em malefícios, em superfaturamento, gente supostamente que deveria ajudar, que dizem Amar o clube levaram por fora. E se por isso eu (e só eu pois é quem eu controlo) boicotasse o estádio, seria no mínimo incoerente com a utilização de outras obras que utilizo, produtos que utilizo de empresas que praticaram o mesmo nível de corrupção.

Ou seja, manter o boicote, para ser coerente eu não deveria mais pegar metrô, usar ônibus público ou as nefastas concessões de táxi, nem o Uber que ainda não é legalizado de forma oficial por ter a discutível (cobrança variável), não poderia entrar em locais que utilizaram cimento, utilizar combustíveis fósseis, qualquer meio de comunicação privado, seja celular, internet ou telefonia. Não ligaria mais a TV, nem rádio ou jornais poderia usar.

Roupas nem pensar, tecidos chineses que são liberados por meio de guelta, esportes, apenas poderia correr descalço, nadar no mar e arremessar pedras.

Ou seja para ser coerente precisaria criar a tal "sociedade alternativa", voltar a ser índio, pelado vivendo na oca que eu construir, comendo exclusivamente o que eu caçar e colher.

Lógico que usei de um exagero absurdo, depois de quase 40 anos completos vivendo de uma determinada maneira, não acho possível mudar assim, não vejo muitas exceções aos exemplos dados, pode ter um ou outro, mas a realidade é essa, direta ou indiretamente consumimos algo que é ou já foi em algum momento desonesto, injusto com alguém e terá ao menos um ser que se sinta prejudicado por seus responsáveis.

Então, dos males, o menor, irei no jogo tranqüilo, sem culpa ou vergonha direta e sabendo que indiretamente sou responsável pelo lucro e crescimento de quem faz ou já fez o errado, ainda mais quando ouço proliferar desculpas de que os fins justificam os meios. Talvez esteja justificando...

segunda-feira, 14 de março de 2016

Estaríamos prestes a ver um Golpe Democrático em uma Ditadura de Esquerda?

Começo dizendo que posso estar errado, mas acredito que posicionamento é necessário, se realmente ver no futuro que estava errado assumirei,mas não serei mais um omisso.

Porém não fui na manifestção como alguns achavam que dessa vez seria possível, fui quando criança nas diretas já, que tinham o objetivo claro de derrubar o regime e retonar com o modelo de democracia pluripartidária, fui no fora Collor ou movimento dos caras pintadas, quando a juventude não derrubou um governo, mas ajudou a forçar a opinião pública, mas não fui em 2013, nem irei agora, pois não acho que exista uma mudança real e significativa, podem falar que 7 milhões de pessoas nas ruas (e não vou julgar se foi isso tudo, se eram de classe A, B ou C, pois são de fato 7 milhões de brasileiros descontentes) e outros tantos que não foram nas passeatas, mas saíram no dia 13 de camiseta amarela para mostrar indignação (também não vou criticar qual camisa era e que símbolo de fato ela representa), mas indignação por indignação eu tenho da Samarco ainda estar operando, tendo mortes em Francisco Morato, RJ, no Sul do País ou no Acre pois as chuvas inundaram os locais que foram mal planejados e não fiscalizados em suas ocupações, me indigno igualmente pelas crianças no farol, pelos moradores de rua, pelos exilados que a Europa fecha as portas na cara. Ou um país que tem um candidato machista, preconceituoso e milionário que acha que pode comprar tudo e todos. Tudo isso igualmente me indigna.

A roubalheira na Petrobrás é um fato, mas não é novo, agora precisa ver se realmente querem investigar a Petrobrás ou apenas o período do PT no poder, a compra de votos no congresso e senado não foi uma invenção do PT, acredito até que foi uma adequação, tenho certeza que ocorreu, mas não é uma novidade, porque não se investiga de fato a aprovação da reeleição, os trâmites que isso levou. Sem contar casos do BANESTADO, da CEMIG, de Furnas, do BANESPA, da TELESP, da PAULIPETRO, do METROSP,no BNDES essa ao meu ver seria grande ou o Escândalo do HSBC que foi tratado com panos quentes pois quebraria familias que dominam as telecominicações, Marinhos, Civitas, Saads, Neves, Sarneys, Magalhães e outros quebrando definitivamente o status quo, mas e a coragem?

Estamos (pelo menos meus contemporâneos, com menos de 40 anos) vivendo nossa pior crise política. Econômica ao meu ver ainda não, mas política com certeza. OK, alguns relembram da ditadura, mas mesmo com os direitos cerceados do voto, da expressão ou mesmo de sair as ruas, meus pais tinham um objetivo claro e hoje não vejo isso em LUGAR ALGUM DA SOCIEDADE. Vejo uma vontade clara "que a corrupção acabe", mas para a grande maioria parece que é a qualquer custo, ou seja, mesmo sendo uma justiça unilateral ou no mínimo uma meia justiça. Eu não tenho um objetivo claro, apenas uma vontade igual de que a DEMOCRACIA prevaleça.

Acredito muito na culpa do Presidente Lula (que ainda não foi provada), como acredito na culpa do Presidente Collor (provada) e na Culpa do Presidente FHC (aind anão comprovada e não vista por essa maioria contra a corrupção, miopia, má vontade, desfaçatez?) em desvios de bens, vantagens ilícitas e manipulação do erário para seu próprio bem. Lula na Petrobrás, FHC nas privatizações em especial do BANESTADO e seus arquivos escondidos, Collor na caruda, um milionário que virou biliardário com a caçada aso marajás (aos seus iguais).

Acredito na culpa, na soberba e na impáfia do Partido dos Trabalhadores, principalmente após sua chegada ao poder e a luta para manter o poder pelo poder, de gente como Dirceu, Belluzo, Genoíno e tantos outros, na culpa, nos desmandos, na volúpia e volatilidade do Partido do Movimento Democrático Brasileiro e dos Democratas (que precisou mudar de nome pois como Partido da Frente Liberal não suportava mais) não preciso nem falar pois são motivos, motivos pra mais de metro, sem esquecer que também acredito na culpa e igual desonestidade da cúpula do Partido da Social Democracia Brasileira, Aécio Neves, José Serra, José Anibal e mais um monte que se vai por aqui. Caixa dois, propina, desvios internacionais de dinheiro, apoio de outros governos, tudo está ai para quem quiser de verdade procurar.

Porém vejo com pesar a ascensão "heróica" de um cara desigual, um Juiz, que deveria proteger a todos e ser justo e mais parece um justiceiro, seus amigos ele não vê, seus amigos ele não pune, seus amigos não são sequer investigados, mesmo tendo motivos para isso. Me faz remeter a mesma operação Mãos Limpas que deflagrou a caçada da corrupção na Itália quando Borsellino e Falcone magistrados Italianos, se depararam com a quantidade de juízes nos bolsos dos partidos e da máfia italiana, me faz comparar a formação acadêmica e de magistradas organizada pelo PCC para sua própria defesa, com certeza um crime muito bem organizado e é onde coloco em dúvida a "boa vontade" do atual Juiz, qual o intúito de um Juiz conclamar o povo, qual o intuito do juiz ser midiático, o que faria um Juiz participar de um evento de pré-candidatura do partido contrário ao que ele está "caçando"? Seria ingenuidade dele? Ou maledicência mesmo?

Como tudo são suposições e suposições não provam nada me dou ao direito de errar e se necessário pedir desculpas, mas como também tudo são fatos e fatos mostram que o que estou falando de realmente aconteceu (pode ser que não seja apurado pela justiça mas muita coisa aconteceu) me dou ao direito igualmente de não achar o novo Sassa Mutema, nem me coligar a pessoas com uma visão direcionada, focada e restrita do nosso problema.

Se um dia quiserem discutir e planejar um país diferente, reforçando outras mensagens, textos e e-mails com reforma política, reforma tributária, reforma previdenciária, reforma educacional e melhoria na saúde e na segurança estarei a disposição. Quando quiserem pensar em diversidade, pluralidade, no bem da maioria (talvez isso seja um problema a detectar se a maioria é a maioria que as pessoas querem), na justiça social, igualdade de direitos para mulhers, crianças, negros, indios, deficientes e outros tantos injustiçados pela história estarei aqui para ouvir.

Se estão certos em dizer que vivemos uma ditadura de esquerda, quero viver a minha vida nessa ditadura de esquerda, que não mata, que não tortura, que dá voz ao povo contra ela, que enaltece a eleição direta, que mantém um congresso nacional pluripartidário e com multi-opiniões, que dá liberdade de imprensa, que dá liberdade de trabalho para sua justiça. Não tem como mensurar que SE ISSO QUE VIVEMOS FOR UMA DITADURA DE ESQUERDA, prefiro mil vezes ela a uma DITADURA MILITAR DE DIREITA.

Agora se for apenas mimimi de tirar essa pra por aquele, acharei sim que é um golpe.

E em achando que é um golpe esperarei o desmantelamento da Petrobrás para um maior privatizção dela, aguardarei a venda do pré-sal para a Chevron, espero realmente e quem quiser apostar comigo eu aposto que a PF vai maneirar até mesmo com o PT que no fim das contas terá como barganhar a frouxidão de Juízes.

Eu moro no Brasil, não sei até quando...

quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

C.A.O.S.

Com organização, sem desrespeitar a lei e a justiça.
A dicotomia político brasileira, precisa de uma tricotomia cirúrgica universal.
Olhando a pluralidade social, respeitando a vontade maioritária individual e não financeira.
Sobretudo quando o terceiro poder insurgir, reclamar e batalhar por mudanças verdadeiras.

E que assim seja!

Escolha e renúncias!

Corrupção eu sei que tem.
Mas vejo poucas denúncias.
Não sabemos de onde vêm.
Ardilosos com tanta astúcia.

E pra tentar fazer o bem.
Muita preguiça e enrolação.
Melhor pegarmos o trem.
Pra estação final, desilusão.

Você até pode escolher.
Pelo menos temerário.
Mas já saiba, que vai acolher.
Mais um ladrão do erário.

O dinheiro quase tudo compra,
Ainda mais o que o poder corrompe.
Desvios contados com pompa.
Escondendo grandes montantes

E nós desistimos de nos espantar.
Já nem ligamos pra tanta bagunça.
Mas depois não vamos reclamar.
Pois toda escolha,
são várias renúncias!


Danibron!
28.01.2016

segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

quinta-feira, 14 de janeiro de 2016

CES 2016 - O que não vi, mas ouvi, li e assisti!

Esse ano não fui na CES (não que eu vá todo ano, mas esse ano tirei férias nessa época e nem a oportunidade de ir eu tive), logo não vi nada de perto, não conversei com fabricantes, fornecedores, futuristas, fazedores, ou com os "fodões" da CES.

Muita gente acha que a CES é um passeio, vai lá fica meia horinha e já viu tudo. Ai que está o engano, o risco e a bobagem que você pode cometer. Outros dizem que a CES perde pra IFA, perde para a INFOCOMM ou mesmo para a CEDIA, não meus amigos, CES é diferente, CES só cresce e tem agregado cada vez mais os diversos nichos.

Então direi aqui em algumas linhas o que rolou nessa CES.

Primeiro gostaria de dividir, "tecnologia de ponta" (aquela coisa crua que poucos entendem), "tecnologia aplicada" (alguns conceitos protótipos e tipos de uso) e a "tecnologia vendível" o que a empresa onde eu trabalho muito se interessa pois é o que nossos Encantados encontraram em nossas lojas.

De tecnologia de ponta notamos 5 pontos bem claros:
  1. A continua da diminuição dos circuitos, nanochips, nanosensores, mais processamento em menos espaço.
  2. Melhoria do consumo de energia, seja nos novos circuitos que consomem menos, seja nas baterias um pouco mais evoluídas, em produtores de energia independentes ou bancos de baterias autônomos.
  3. A melhora exponencial dos Displays, QD e Oled vieram para ficar e disputar cada vez mais espaço, deixaram os displays maiores, com mais pixels, mais definição, táteis, flexíveis (essa foi uma das grandes novidades), leves, trazendo uma qualidade muito superior para o público. Se 4K já era uma promessa a dois anos e realidade a 1 ano, hoje 4K está importante para quem gera imagens e para quem transmite a hora é de pensar no sucessor 8K...
  4. Realidade Virtual, principalmente a Imersiva, mais uma vez o que era promessa e Developer Kit em 2015 agora em 2016 é fato. A experiência e as possibilidades se multiplicam na velocidade da imaginação, falarei delas mais a frente.
  5. Desaceleração da inovação disruptiva em dispositivos móveis, principalmente celular e tablets. Ainda tem muita coisa pra inovar, mas a velocidade com que aparecia e a quantidade desacelerou, o que é bem diferente de não ter mais, que fique bem claro.
Com essa tecnologia de ponta toda foi apresentado suas possíveis aplicações, "tecnologia aplicada", alguns em produtos modelo, provas de conceito, outros em produtos finais, a "tecnologia vendível".

Agora os aplicáveis:
  • Automóveis autônomos, não é mais Palo Alto que precisa se preocupar em quem dar a multa caso apareça um bug num carro autônomo (cuidado Ana Maria...). Muitos fabricantes demonstraram seus carros, Ford, Tesla, Mitsubushi, Audi, BMW... todos estão trabalhando seus carros autônomos e os exemplos foram muito interessantes, saindo dos velhos projetos e vídeos, para exemplos de detecção de transeuntes, detecção de tráfego, condução autônoma, display inovadores diretos no parabrisa (como os da Corning, fabricante do Gorilla Glass), alguns displays curvos como nos exemplos do Fod Fusion. A nVidia famosas pelas placas de vídeo também entrou nessa e mostrou seu sistema integrado para carros autônomos, o que facilitará para algumas montadoras...
  • Drones de transporte, foi apresentado o eHang 184, que pode transportar uma pessoa por até 30 minutos chegando a uma velocidade de até 100km/h, sem necessidade de piloto. (dai eu pensei se dá pra levar uma pessoa, dá para fazer um maior e fazer içamento, dá para pensar em um que faça entregas rápidas em regiões localizadas como condomínios interioranos, casas, fazendas... levar algo da sede da fazenda para um curral distante, entregar cerveja na praia...
  •  Vestíveis, aqui podemos incluir quase toda a parte de eHealth, ou boa parte dela, pois o que está melhorando e se tornando mais próximo da realidade o monitoramento da nossa saúde é uma enormidade. Termômetros, Medidores de pressão, de atividade diária, de sono, teste de gravidez, um mundo de coisa e principalmente, de aplicativos para isso, tantos, que acho que já está passando da hora de algum "aglutinador" desenvolver um middleware para que as soluções se conversem, ou ao menos trate as informações de forma mais padronizada.
  • Dispositivos conectados em casa (não vou chamar isso de IoT, pois para mim IoT é tudo), mas cada vez aparece mais dispositivos conectados, porém agora com mais propósitos de ser, refrigeradores, lava e seca, fogão, forno, lareira, ar condicionado, TV, Carro, Piano, Video Game, câmeras, sistemas de irrigação, robôs de limpeza... tudo está mais conectado e a tendência é crescer vertiginosamente.
  • O digital e o físico estão cada vez mais próximos, as fotos e vídeos vão para a nuvem, a experiência prévia da visita em um hotel é virtual, a música está distribuída e o aprender é com ajuda do virtual, a leitura e escrita é física, mas com interface virtual, a tinta é virtual para economizar bateria e o transporte físico pelo ar não é apenas de imagens... Estamos aproximando as coisas.
  • Robôs de telepresença, robôs de entregas (para entregas em condomínios´, hotéis e escritórios por exemplo, robôs de limpeza (já conhecidos)...
Bom, e alguns exemplos disso vocês podem ver nas coberturas da Techtudo (Globo.com), vlogueiros que ganharam a ida das grandes indústrias como Samsung, Sony e LG, jornais e revistas semanais. E até colocarei esses aqui embaixo (mas sem fotos pois não são minhas). Mas tem alguns que poucos vão encontrar esses eu faço questão de chamar de "Achados do Dan" (alguns nem são tão achados assim, mas são importantes, pelo menos no meu conceito colocarei "*"), tentei mapear em alguns grupos, são eles:

Futuristas:
  • eHang 184 - Drone de transporte, até 100kg, chegando a 100km/h um pouco menos de 30 minutos de duração de bateria. Um protótipo dos que mais chamou atenção na feira.
  • Beam Plus - Robôs de telepresença, auxiliam como recepcionistas em eventos, restaurantes, megastores, te levaria aos lugares que você queira dentro de grandes áreas, te mostra a mesa disponível ou reservada, pode ajudar em um shopping ou centro comercial. Também pode ajudar na presença de pessoas virtuais.
  • * Bicicleta inteligente da LETV - tem seta, lanterna/farol, bloqueio anti-furto, um painel guidão (que carrega com a bateria com as pedaladas) e tem radio fm, walkitalk para falar com outras bikes próximas e um gps. Já está a venda na China.
  • Telas, Displays e mais telas: A LG mostrou telas frente e verso, Telas transparentes e telas flexíveis, essas são as mais impressionantes para mim, no futuro teremos revistas com telas multimídia no meio... ou então roupas com propaganda para atletas em telas, roupas de pacientes com informações ao toque de micro telas... Telas em colunas com propaganda - WOW, não é mais uma imaginação ou viagem, é realidade dos próximos tempos.
  • * Force Band Sphero, finalmente poderemos mostrar o poder da força com a tecnologia. Sim é uma pulseira, sim é tecnologia, mas para os ignorantes será o poder da força hahaha, com um bracelete que entende os movimentos do corpo será possível controlar coisas. Já é possível controlar o BB-8, hoje de brinquedo, mas futuramente um dróide (que ainda chamamos de robô como os que contei acima...
    OBSERVAÇÃO IMPORTANTE (o pulo do gato): porque é tão difícil encontrar esses "brinquedos" por aqui, tantos drones, tantas CAM 360 e no Brasil quase nada... Quem vai dar o primeiro passo, quem terá os vendedores mais experientes com isso, quem terá demonstradores e "professores"? Ou melhor culpar a crise, a sorte, a virada da lua ou a mudança do signo.
IoT (era pra ser Internet das Coisas mas parece ser Inteligência das coisas, pois tudo é Smart):
  • * Refrigerador Family Hub da Samsung, um refrigerador inteligente de verdade, esse refrigerador tira uma foto de todos os compartimentos quando fecha a porta do mesmo, com uma tela touch ele disponibiliza as fotos para criar tags virtuais e colocar nos alimentos, como prazo de validade, se determinado produto é para todos ou tem alguma restrição, além de se interconectar com o celular e passar essas informações, ele espelha uma TV Samsung, serve de quadro de avisos matinais, agenda, lista telefônica (imã de geladeira, quem nunca usou???) e também auxilia nas compras com duas lojas integradas no sistema (para os USA).
    OBSERVAÇÃO IMPORTANTE (o pulo do gato): empresas do varejo (e espero que seja a que eu trabalhe), podem se antecipar nas parcerias, criar vínculos, treinar seus técnicos, a instalação não será apenas desmontar portas, torcer para passar no caminho da rua até a cozinha e conectar um ponto de água, precisaremos integrá-la a Internet, configurar, mostrar as principais funções, conectar o smartphone a smartTV e tudo mais. Será não um serviço de instalação, mas um acompanhamento de pós-venda, será a continuação da venda e isso demandará tempo. Por isso nem podemos pensar em apenas entregar esse produto. A instalação deve estar embutida no preço, fazer parte, inclusive com central de suporte paralela ao fornecedor, ou no mínimo alinhado, ISSO SERÁ SAIR NA FRENTE. 
  • Lava e Seca com Add Wash da Samsung, colocou a roupa pra lavar e esqueceu um pé da meia, a calcinha da filha ou a camiseta da escola, não precisa esperar o fim de um ciclo juntar mais roupas e gastar mais água e energia, basta dar um pause e utilizar a porta de Add Wash da nova Lava e Seca Samsung. Também é possível receber informações dos ciclos por um app no celular, mas nesse caso a LG tem uma solução melhor...
  • Lava e Seca LG, com duplo compartimento para roupas (pode colocar as coloridas em um lado e as brancas em outro ou peças delicadas para lavar de uma forma diferente), conta com timer, controle por App (que pode ser uma boa para controle, não só do início como de bloquear que outros coloquem a máquina para funcionar sem ordem, por exemplo lavar os panos de chão em vez de deixar de molho, ou usar a secadora em um dia de sol), também tem um recipiente grande para sabão e amaciante que mantém o produto isolado e não precisa ficar abastecendo sempre.
  • * Chuveiro inteligente - Hydrao, essa empresa francesa apresenta um chuveiro que controla o uso da água, envia dados para um aplicativo e consegue dar sinais luminosos durante o banho do uso conforme configuraçlão prévia e independente de outro dispositivo, como é para ser econômica, produz sua própria energia, isto é, não precisa ligar na parte elétrica (porém não aquece a água, controla a ducha).
  • * Colchão inteligente - Sleep Numbers, na onda do IoT essa empresa lançou um protótipo, mas que ainda no primeiro trimestre já estaria comercial. Ele tem sensores com muito processamento capazes de monitorar a atividade da pessoa durante o sono e inclusive o batimento cardiáco, tem interface Bluetooth com celulares e seu app facilita na configuração inclusive da dureza do colchão com lados independentes, inclusive com o auxilio de outros trackers analisa como foi o dia da pessoa para sugerir uma melhor configuração de conforto no colchão. Preciso muito de um desse!
  • The One - Teclado musical inteligente e Jam Stick Plus Guitar, produtos de empresas diferentes mas com intuito similar, ensinar a tocar, melhorar a experiência de aprendizado e divertir as pessoas. A Guitarra é plugada no tablet e com um midi simula diversos instrumentos, podendo ensinar a tocar na tela e corrigindo o usuário. O teclado também pode ser conectado em um Midi e em outros aparelhos amplificados ele já tem uma base para colocar o tablete que mostra a partitura e se necessário acende as teclas para ensinar a tocar, detalhe, com uma mão, com as duas, com um dedo apenas, guarda as aulas, compartilha com um instrutor e faz games do estilo Rock Band. 
  • picoBrew, a maquininha de cerveja expressa. Sim facilitaram a arte de fazer cerveja com essa "coisa". Você faz a seleção dos elementos, quando eles devem entrar, por quanto tempo, ou seja define sua receita e ela prepara. Não é instantâneo, mas promete entregar em 7 dias seu líquido preferido. Perto do que temos é bem expresso. Como não estive lá para experimentar e os "jornalistas" não testaram, não posso dizer se é boa ou não, mas é interessante.
  • Bamboo Spark da Walco, é um bloco de notas e uma caneta, que anota normalmente as coisas, como quando estávamos na escola/universidade, porém ela consegue já transmitir para o Tablet o conteúdo anotado. 
  • * Babaali Capacetes Inteligentes, capacetes para ciclistas, com um "google glass" para passar informações, microfones embutidos, fones, integração via bluetooth, leds no capacete para setas, luz de freio com acelerômetro no capacete, controle para colocar as setas no guidão e ainda tem uma câmera traseira para ver no visor do óculos. Muito interessante.
Realidade Virtual (Aumentada e Imersiva)
  • * Oculus Rift, o que a dois anos era protótipo, no ano passado era Starter Kit e Developer Kit, esse ano é palpável e comprável, os óculos RIft estão chegando no mercado, com controles de X-Box para de verdade te colocar dentro do jogo, o pouco que vi de um desses óculos me impressionou demais, agora ver o exemplo com os controles abertos que simulam sua mão me fizeram desejar. O futuro chegou, realidade virtual não é coisa para sonhador apenas.
  • Leap Motion, eles desenvolvem realidade virtual e conseguem juntar a aumentada e a imersiva, pois você acredita mesmo estar no ambiente ou que a coisa está no seu ambiente. Muito interessante, só falta criar os hologramas mais verídicos;

Saúde (poderia ser IoT ou Vestíveis, mas preferi assim)
  • Tracker e outros monitores de atividade, Fitbit, Misfits, BenZ1 Huawei, Go Tracker cada um com uma diferença, cada qual com seu app, poucos são genéricos, mas o mais importante é entender que chegaram para ficar. Quer se cuidar, se inscreva na academia e tenha uma pulseira "smart". A maioria conecta no Smartphone via BT, e medem batimentos cardíacos, atividades, movimentos, o sono e afins.
  • Whitings Thermo - um termômetro com 16 sensores que em segundos te indica sua temperatura ao encostar na têmpora, pode ser acompanhado e registrado no seu App.
  • * TempTraq, esse termômetro serve para crianças, como um band-aid você cola ele no corpo da criança e esse dispositivo conectado a um tablet ou smartphone monitora e recebe a informação da temperatura segundo a segundo ou conforme for configurado. Cada tira demora 24 horas (pelos testes 48 horas dos amigos que compraram) e é excelente para quem já teve o filho com febre para monitorar seu pequeno.
  • GT72 Dominator Pro da Tobii, esse notebook com dispositivo da Tobii auxilia pessoas que não tem mobilidade a utilizar o notebook com os olhos, adaptado também para gamers que consegue utilizar mais um dispositivo em jogos, como a mira por exemplo.
  • * Gyenno Spoon, a primeira vista é uma colher, ela não se conecta a nada, não mede nada, mas quando utilizada por alguém com parkson por exemplo, auxilia a não derrubar a comida dela, com ajuda de motores ela equilibra o peso e mantém o alimento na colher, para quem não tem nada, funciona normalmente, para quem tem a doença ela dá autonomia.
  • Comper monitor cardiáco fetal e 1st Response, produtos para a maternidade, o monitor auxilia a acompanhar o bebe enviando dados para um app, o 1st Response é um teste de gravidez de farmácia integrado a um app via BT e durante a espera pode passar informações do que deverá ser feito caso de positivo e depois do resultado auxiliar em caso positivo no pré-natal e em caso negativo em dicas de como engravidar.

Câmeras
  • 360 Fly Cam eles já apresentaram um produto no ano passado, nesse ano eles apresentam um avanço, câmeras 360 graus para gravar filmes em 4K para realidade virtual um excelente passo.
  • Allie Cam Go e GoPro Spherical são outeas duas câmeras 360 graus e de ação.
  • *Hexo+ não é uma câmera, mas sim um Drone, porém é um Drone guiado, ele segue quem porta o smartphone que lhe dá as ordens, ordens de filmar de forma circular, para acompanhar, para dar zoom out ou zoom in. É uma boa para quem precisa de imagens de grua, mas não tem uma.
  • Casio WSD-F10 é um Smartphone, mas seu maior diferencial (além de ser um relógio casio) é transmitir o que a câmera de aventura da Casio está passando e tirar fotos. Integrado a um Smartphone ele é um Weareble com AndroidWear.
Automação Residencial
  • Smarthings Gateway agora é mais do que oficial um produto Samsung. Um gateway para a casa conectada, com ele que a Samsung pretende expandir a casa conectada.
  • ASUS Smarthome, com um gateway a empresa também entra na jogada com dispositivos Zigbee abertos e integrando a casa inteligente.
  • Smartremote 7Hughs eles fizeram um controle remoto para integrar os múltiplos devices, a idéia é boa, mas ainda muito cedo para dizer o que vai acontecer.
  • Sony AR, a Sony tenta com sua TV Android entrar para o controle de Home Automation, apostam na integração via WiFi de controles e um Gateway de mercado.
  • Brillo do Google e Homekit da Apple, eles não estavam lá, assim como eu hehehe, mas ninguém que fale em automação esqueceu da competição dos dois "sistemas" para automação mais comentados, ainda não tem um gateway específico, ainda não tem diversos devices, mas as empresas compraram Nest, Revolv, R2 Strudio entre outras...
Outros
  • Impressora 3D, virou arroz, todo mundo tem... coisa interessante nessa feira foi a impressora da Polaroid (sim a Polaroid está renovada não só com câmeras instantâneas, mas com uma linha de celulares e tablets, além de câmeras de ação, impressoras de fotos e impressora 3D, sendo que o mais interessante na impressora deles é um cartucho (insumo) que imprime como se fosse madeira, pelo o que mostraram, muito realista.
    OBSERVAÇÃO IMPORTANTE: Me pergunto porque a empresa onde trabalho ainda não vende impressoras 3D sendo a vanguarda da tecnologia. Nota mental (Lembrar de questionar o pessoal).
  • Toca discos, Panasonic, Sony e Vitrola apareceram por lá para mostrar que os bolachões estão a toda, alguns até gravam o vinil para o MP3, mas para que?
  • Rif6 Pico Projetor, projetor portátil que faz telas de até 95" (eles dizem mais mas não recomendam), por conta do pequeno porte consome menos, porém tem poucos ansi-lumens em sua especificação.
  • Glyph Fones de ouvido com Òculos, esses fones tem um óculos que mostra uma tela similar a 55", não é de realidade virtual, mas possibilia uma pessoa em uma viagem de trem, ônibus ou avião a assistir seus vídeos, filmes e afins em uma tela grande porém individual, conectando em uma fonte HDMI, o fone pode ser usado com integração Bluetooth. 
  • Unified Home WiFi Network da D-Link, sim, falarei de roteadores e da D-Link, quem me conhece sabe que indicio Apple, mas a D-Link parece que fez a lição de casa e desenvolveu uma dupla de roteadores pensando realmente na cobertura total da casa de seus clientes (devem ter ouvido bastante). é o caso desse conjunto que vem com o AC4300 e AC1300, um é o principal e o segundo é o roteador secundário que cria uma rede expandida, porém garantindo a banda, por ser do mesmo fabricante as chances de isso dar certo aumentam muito e eles informam que o AC1300 pode ser comprado avulso para mais pontos de cobertura. Muito interessante.
Bom é isso ai, espero que tenha colaborado com você que chegou até aqui e me desculpe os erros e a falta de fotos, vídeos e mais detalhes (não estive lá e não quis compartilhar de outros). Quanto a links das empresas. O Google pode te ajudar. Espero estar mais "próximo" nas próximas...

Compartilhem, divulguem e enviem por e-mail para seus amigos, mas se possível deixe meu nome ai ou faça ao menos uma mençãozinha... Se for para um trampo... pode deixar sem mesmo.

Abs.

Danibron

sexta-feira, 1 de janeiro de 2016

Aprendi nos últimos anos...

Aprendi a lidar com minhas imperfeições, aceitar minhas limitações e a aprender com meus erros.
Aprendi que tem hora pra tudo, mas que não temos como "guardar" a hora.
Aprendi que temos como fazer o momento de ser hora para algo.
Aprendi que o fazer não é com varinha de condão, depende de esforço, dedicação, persistência, suor e muitas vezes de lágrimas.
Aprendi a perdoar, a não me importar com quem não me faz bem e a pensar nos bons momentos que vivo.
Aprendi a viver o presente, sonhar o futuro e aprender, lembrar e ter apenas saudade do passado.
Aprendi que o que passa, nem sempre volta, que não se come as palavras ditas e que não se esconde um erro pra sempre.
Aprendi que quanto mais nos escondemos dos erros, menos aprendemos com eles e a possibilidade de repetir aumenta.
Aprendi que dinheiro não trás, muito menos compra felicidade, principalmente aquela duradoura, gostosa e que dá saudade.
Aprendi que dinheiro pode destruir, que tem o poder de corromper, mas que não devemos brigar com ele.
Aprendi que Amor se têm, se constrói, se cultiva, mantém, mas deve ser cuidado de perto, quanto mais perto melhor.
Aprendi que nada é pra sempre, que tudo um dia acaba, que sempre tem as vezes e as vezes sempre aparece, ou seja aprendi que o totalitarismo, mesmo que das palavras é incompetente, utópico e pouco apreciado.
Aprendi que o fogo queima, mas o gelo também! Que a chuva molha, assim como as lagrimas. Que o sol seca, assim como o vento e que podemos ser iluminados por uma noite de luar.
Aprendi que ler é bom, reler é excelente e imaginar é sonhar sem planejamentos.
Aprendi que criatividade não é um dom, mas um exercício diário, que todos são capazes de acordo com o tamanho da sua vontade.
Aprendi que sou um aprendiz e não quero deixar de ser... Aprendi que posso ser mestre, e aprender com meus aprendizes e que o papel de professor se intercalará sempre com o de aluno, não importa quem seja meu interlocutor.
Aprendi, continuo aprendendo e mesmo assim sei que nunca saberei um milionésimo do que é possível aprender e por isso viverei!

Que o novo ano seja melhor ainda que os últimos 10.000!

quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

Enquanto houver Amor, haverá vida!

Que o anseio de esperar, sossegue ao te ver.
E antes de descansar, me tenha no anoitecer.
A lembrança dos dias bons, promete outros melhores.
Mas sempre que pensar no antes, abra bem os olhos.
Pois os sonhos preparam o futuro.
As atitudes são do presente.
E as lembranças de todo o sempre.
Se o fim está próxima, também se encontra o recomeço.
Quando o medo se apresenta, podemos utilizar a coragem.
O branco, rabiscado em tinta preta.
O luz que se apaga à escuridão.
O silêncio que precede o trovão.
As gotas de chuva que voam e depois correm no chão
O gosto forte da capsula de café utilizado.
O jeito de ficar acostumado,
A velocidade de sangue que foge do coração.
O receio de ouvir seu não!
Se tudo isso não ficar bom.
Me Ame!
Pois enquanto houver Amor, haverá Vida!



quarta-feira, 2 de dezembro de 2015

Em...

Ainda bem.
A ir além.
Com cem.
Ou nem...
De trem,
esse alguém,
vêm.
Mas quem?
Einh!
Será que tem?
Dizem...
sim eu sei!

Antes do embarque!

Se é partido não é inteiro.
Se toma parte, não é o todo.
É tolo pensar em re-unir.
Mais burro pensar em dividir.
Ainda em mais pedaços.
Virando milhares de cacos.
Chegando talvez ao indivíduo.
Que por si só é um partido.
Um inteiro partido sozinho.
Ou então juntar os partidos.
Casar idéias pra criar alianças.
Pensar só em si, como crianças.
Mimadas, irritadas por falta de doce.
Um pixuleco, uma coxinha, um mal bocado.
Ou uma bocada maior da mais valia.
A geração coca-cola pode ser pepsi.
Mas chá de erva, só se for cidreira.
Pois a outra, da paz verdadeira não pode.
Acalma mas dizem que explode.
Que alimenta a corrupção.
Que ajuda o ladrão.
Mas quem é o Alibaba da vez? O da China?
Que cópia, que imita, e fica por isso mesmo?
É nisso que dá tomar a rua a esmo.
Black blocks das black fridays.
Cyber piratas de todinho com negresco.
Meses coloridos, feriados importados.
E ninguém mais sabe o hino a bandeira.
Não tem mais lado pra roubalheira
Mas se você estiver de fora.
Seu nome pode não estar.
Chamam resíduos tóxicos de lama.
Chamam escândalos e escraxos de lama.
Que eu saiba merda vira adubo.
Mas lama virou sinônimo de sujeira.
Mas se for remédio ela é verdadeira.
Boa de vender e melhora sua cútis.
Nem comentarei de sindicato, pois seria mostrar como ninguém abre mão do seu espaço.
Mas estão sempre a uma fagulha de jogar tudo pra lá.
Desistem de tentar, pois ainda é feio errar.
Dizem que demora pra ganhar algo na vida.
Mas lembra que você é resultado da sua primeira vitória.
Pois de milhares, você com certeza foi um dos que ganhou sua primeira corrida.
Considere-se sim um espermatozóide de sucesso. (Mesmo que alguns tenham empatado, os micronésimos de segundos não contam).
E se conseguiu chegar até aqui, escolha uma linha, ao uma para comentar.
Tente exercitar-se. Pense. Não é difícil.
Talvez marque, mas não dói.

Beijos a todos, molhados, coloridos, perfumados, doces e engraçados!



sábado, 14 de novembro de 2015

Tirando o pó e a loucura da cabeça.

Tirando o pó do armário.
Mesmo que virtual.
Desenferrujando as articulações.
Do dedo caronal.
Inventando frases.
De forma irracional.
Criando mais bobagens.
Fazendo trilhas de sal.
A chuva cai aqui dentro.
Lá fora quem manda é o sol.
Do rosto remelento.
De olhos que passam mal.
Não sei o que me separa.
Eu do meu eu ideal.
Mas não vejo uma ponte.
A distância é abismal.
Ficarei nesse monte.
Contando com a cena underground.
Com razão matemática.
De casa decimal.
Me lembro o que fiz logo agora.
Uau!!!

Se você para

Se você para, nunca alcançará.
Se você para, algo faltará.
Se você para, alguém se aproveita.
Se você para, a cama fica desfeita.
Se você para, não chega no fim.
Se você para, fique longe de mim.
Porque de preguiça já basta a minha!