quarta-feira, 9 de março de 2011

Entendendo os Rômanticos?

Dizem que isso ocorreu no Vestibular da Universidade Federal da Bahia.
Uma das questões cobrava dos candidatos a interpretação do seguinte trecho de poema de Camões (sim Camões, não é di Renato Russo visse!):

'Amor é fogo que arde sem se ver,
é ferida que dói e não se sente,
é um contentamento descontente,
dor que desatina sem doer '.

Uma vestibulanda de 17 anos deu a sua interpretação:

'Ah, Camões!, se vivesses hoje em dia,
tomavas uns antipiréticos,
uns quantos analgésicos
e Prozac para a depressão.
Compravas um computador,
consultavas a Internet
e descobririas que essas dores que sentias,
esses calores que te abrasavam,
essas mudanças de humor repentinas,
esses desatinos sem nexo,
não eram feridas de amor,
mas somente falta de sexo !'

Conclusão deste que vos escreve:
Românticos só existem enquanto falta sexo.

Inclusive ajuda a entender o nome do tal escritor... ele era camões (o que se auto-alivia)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pode meter a boca!