quinta-feira, 16 de maio de 2013

Porque Eu Sou Corinthians!

Um dia depois, mas pode ser um mês ou um ano. O importante não é só ressaltar o quanto aprendemos a ganhar.  Mas também como aprendemos a perder.
Que outra torcida abraçaria sua equipe na derrota como um afago de um pai no filho.
Teve quebra-quebra? Destruição? Invasão do clube? Agressão?  Ou apenas os velhos bandidos de sempre brigando por uma bandeira! E convenhamos bandidos tem em todo lugar (infelizmente).
Jogadores aflitos por uma desculpa? Agressão ao outro time? A arbitragem? Ou a consciência limpa de ter dado o máximo em campo?
E mesmo depois de saber os erros grotescos,  se escondem? Não falam? Fogem? Ou são profissionais e cada um faz o seu?
A maior torcida nacional tremeu ontem no final do jogo. A msior torcida brasileira esta com medo. Os "anti-corinthianos" viram o que é torcer,  dar força e valorizar seus guerreiros.
Aprendemos senhores e agora ninguém mais nos segura. Teremos derrotas, sim. Seremos batidos, sim. Mas nunca nos entregaremos. Lutaremos até o fim. Pois se eles não nos abandonam, também não vamos te abandonar.
Sempre inovadores,  sempre sonhadores, torcedores fielmente apaixonados.
Obrigado meu pai, eu sou SC Corinthians Paulista.

Daniel Bronzeri Barbosa
Mais um corinthiano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pode meter a boca!