sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

O Beijo

Certa vez um amigo perguntou:
- Como se dá o beijo perfeito, como se ganha a mulher com beijo?

Na época minha resposta foi de um filho da puta:
- Com pegada, mas com sutileza, com paixão, com safadeza, mas com respeito. Beije-a como se fosse única o ultimo beijo que você vai dar!

Clichê e impossível, para alguém que te pergunte isso. Deve estar até hoje tentando.

Mas quem beija e gosta de beijar aprende um ou outro truque.

Aprende que mulher gosta de cena, gosta de charme, gosta da preocupação da preparação.

Que mulher gosta de se sentir desejada, de verdade e não tem como fingir tão bem sempre, sem realmente desejar.

Agora se fosse hoje eu diria mais ou menos assim...

Música rolando ("Beija Eu" ou Barry White, clichês que funcionam nessas horas), porta de casa semi-aberta, para o vácuo do elevador quando chegar desencosta-la. Luz da lua, já ela aberta. Ela entra você vai até a porta tira bolsa, sacola, blusa e repousa na cadeira (estrategicamente deixada limpa e desempedida para o repouso cauteloso de seus bens, você não quer uma paranóia de jogar as coisas dela), convenhamos que ela possa estar no telefone, tire com carinho da mão dela e  desligue, sussurre "você não vai se arrepender".

Enlace sua cintura com a mão esquerda e com a direita puxe-a para si, saiba se ela gosta de mão na nuca antes de fazer, mas se gostar não esqueça disso. Leve seus lábios ao encontro dos dela, não a engula, toque os lábios se ela se deixar levar de um leve apertão e tasque-lhe a língua. Não inteira, não acelerada, sentindo o gosto do ultimo café que ela tomou antes de vir pra casa. Pode até se mover, mas cuidado para não travar uma guerra de narizes, segure com os dentes levemente seu lábio inferior, morda seu queixo beije seu pescoço (não babe, não lamba, não chupe, muito menos faça marcas) beije e com as maos desabotoe camisa vestido ou tire a alça da blusinha.

Puxe-a pro sofá, sente-se, mas não largue dela, deixe ela de pé na sua frente, seja hábil para soltar-lhe o sutiã, beije seus seios, sugue seus mamilos, seja generoso e não esqueça que tem mãos, acaricie sua bunda e a parte de trás das coxas, não enfie a mão diretamente em seu rego ou procure a buceta, por mais tesão que ela tenha pode ser que ela queira ir ao banheiro antes. Beije sua barriga, abrace e aperte, provavelmente ela sentará em seu colo, suba o pescoço pode dar uma leve lambida, lamba seus lábios e a beije outra vez, mais demorado, mais atrevido, com mais força com as naos passeando em sua nuca, costas e nádegas.

Sugira o quarto e se prepare, mas não ligue caso ela queira passar no banheiro antes.

Beijos assim são bons, são baratos, são gostosos e rendem até 10 porções...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pode meter a boca!